conecte-se conosco


Entretenimento

Suzy Cortez diz que foi assediada por Piqué: ‘Queria ver meu corpo’

Publicado

source
Suzy Cortez é modelo, miss bumbum e advogada
Arquivo pessoal 02.06.2022

Suzy Cortez é modelo, miss bumbum e advogada

Musa do Barcelona, Suzy Cortez se sente aliviada de ver a possibilidade de divórcio entre a cantora Shakira e o jogador Gerard Piqué. A modelo, que tem uma relação com o time há anos, sente que a separação é “um livramento” para a colombiana. Ao iG Gente, Suzy conta que Piqué a assediou sexualmente. 

“Fiquei aliviada pela Shakira, porque eu trabalho com futebol e o Piqué e outros jogadores sempre deram em cima de mim. O Piqué, especificamente,  tentou sair comigo de todas as formas, seja na Europa, seja fora, ofereceu até jatinho para me buscar. Nunca cedi a nada disso, eu falava para ele que só não expunha ele por pena dos filhos dele e da Shakira”, conta.

Suzy, inclusive, diz que Shakira não tem uma boa relação com ela, já que em 2016, ela fez uma homenagem para Piqué e a cantora não gostou. “Ela não entendeu que eu sou musa de um clube. Por isso, tenho que fazer homenagens aos jogadores. Seja quando ganham um jogo ou um campeonato”, explica. 

A modelo se sentiu assediada por Piqué. “Toda abordagem, explícita dessa forma, é assédio. Por mais que seja miss peito, miss bumbum, pedir para ver, isso não existe. Os caras devem ter respeito, eu pelo menos sempre me impus, na época não falei nada, mas tenho prints que provam isso”, afirma.

Os prints que Suzy fala estão em um celular que, segundo a modelo, está na mão da Justiça Espanhola após ela ser roubada e ter o Instagram hackeado. Suzy garante que vai mostrar todos os prints quando for liberada. A modelo ainda aponta que tem conversas embaraçosas com outros famosos. 

Apesar de estar feliz por Shakira decidir pela separação, Suzy se compadece pela tristeza da cantora ao descobrir a traição. “Envolve uma família, não é legal, mas existe o fator que é a traição. A Shakira deve estar se sentindo mal e eu me sinto mal por ela. Ela estava em uma relação ruim e vai ser melhor agora, ela deve estar se sentindo triste, mas, ao mesmo tempo, aliviada”, comenta. 

“Mas ver a postura dele, casado…ele não tem postura nenhuma. Em sete anos convivendo com futebol, vejo algo bem diferente das redes sociais, do que ele publica. Ele veio atrás de mim, perguntando tamanho de bumbum, como era o bumbum brasileiro, eu achei isso um desrespeito gigante. Já que a Shakira falou a respeito, eu falei também”, pontua.

Suzy comenta que Piqué a respeitava em eventos, mas nas redes sociais a situação era diferente. “Minha relação no estádio era como se não acontecesse nada. Me cumprimentava e tchau, a Shakira não me cumprimentava, a Antonella Roccuzzo [esposa do Messi] também não. Ela inclusive já até me tirou de um evento por isso. Aconteceram diversas situações ruins, mas sempre fui bem tratada”, afirma. 

Suzy não tem medo de represálias por parte de Piqué. “Eu não tenho medo dele, mesmo porque ele fez e sabe que está errado. A torcida do Barcelona me apoia, gosta muito de mim e me elegeu como musa. Eles não vão apoiar uma traição e vão ficar do meu lado”, comenta. 

Ela, que namora um modelo e empresário, diz que o namorado não sente ciúmes e entende a situação de Suzy. Apesar disso, ela diz não confiar em jogadores de futebol. “Não gosto de ver cara casado dar em cima, jogador eu já não confio. Namorei o Arturo Vidal, mas não confio, tem muito assédio”, analisa.

De todos os jogadores, Suzy diz que o único que não chegou a assediar foi Lionel Messi, apesar da má relação com a esposa, Antonella. “Sou bloqueada por ela, por conta das homenagens, é chata a situação, mas ele, diferente do Piqué, não me mandou nada. Ele é tranquilo”, finaliza. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Após invadir casamento, ex chegou até o quarto de Britney Spears

Publicado

Na última segunda-feira (27),  ocorreu a audiência premiliminar de julgamento contra o ex-marido de Britney Spears, Jason Alexander, que foi preso por tentar invadir o casamento da cantora com Sam Asghari no dia 9 de julho. Na ocasião, uma das testemunhas revelou que o homem chegou até o quarto da artista. 

De acordo com o site TMZ, Richard Eubler, um segurança de Britney que foi demitido depois do incidente, testemunhou e revelou que Jason entrou na propriedade e conseguiu ir direto para o quarto, onde a cantora estava se arrumando. Segundo o profissional, o ex da artista ainda teria tentado abrir a porta do cômodo, mas estava trancada.

“Eu estava na escada, e foi aí que ele recuou e começou a tirar a mão do bolso direito”, relatou Eubler.

O segurança disse que não sabia o que Alexander tinha na mão e apenas se lembrou de pegar a arma. Depois disso, ele entrou na sala de jogo, fechou a porta atrás dele para trancar os dois no cômodo. 

“Ele estava apenas gritando por Britney: ‘F***-se. Vou voltar para dentro do jeito que vim.’”, relembrou Eubler, que continuou o depoimento e disse que chegou a brigar com o ex de Britney. 

Segundo ele, os dois lutaram dentro da sala de jogos, Alexander teria dado uma cotovelada e depois socou Eubler enquanto tentava voltar para dentro da parte principal da casa.

Alexander se declarou inocente das acusações. Outra testemunha, um detetive do xerife do condado de Ventura, relatou no julgamento que Britney que o ex-marido era “assustador”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Participante de No Limite já trabalhou como drag queen de bigode

Publicado

Participante de No Limite foi Drag Queen antes do reality
Reprodução/GShow

Participante de No Limite foi Drag Queen antes do reality

Victor Hugo já foi Colírio da Capricho, artista circense, DJ e drag queen antes de entrar em No Limite 6.  O participante é fã do programa RuPaul’s Drag Race e, desde 2011, tinha muita vontade de se montar.

Inspirado na cantora Dolly Parton, Victor compôs o alterego artístico Joline Parton, e conheceu a artista Kika Boom, famosa drag que está conquistando o Brasil cada vez mais com sucessos Tá Quente e Som Legal. 

“Tudo começou em uma viagem com os amigos de Goiânia para o Rio de Janeiro, em 2013. Não éramos tão próximos, mas foram tantos perrengues e situações engraçadas que a amizade foi selada ali”, disse ele sobre como conheceu Kika. Os dois são amigos até hoje e, inclusive, Victor já foi DJ da drag queen. 

Por mais que Victor não atue mais como Joline Parton, ele continua acompanhando fielmente artistas como Pabllo Vittar, Gloria Groove e, claro, a própria Kika.

“Ele se inspirou pelas drags mais alternativas da cena Club Kid. A desconstrução de gênero e o excesso sempre fizeram parte do que ele ama, por isso o bigode sempre foi a sua marca, mesmo quando montado. O circo também sempre fez parte de suas inspirações, como o Freak Show e Clown”, disse o marido de Victor Hugo. 

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana